Resumo da Semana 6 da BFA Elite

A Semana 6 da BFA Elite chegou ao fim e o Mapa do FABR irá fazer um breve resumo das seis partidas da rodada.

Foram marcados 285 pontos, uma média de 47,5 pontos por partida, 20 touchdowns aéreos, 22 corridos, 2 pick six, 1 de defesa, 1 de special teams, 32 extra points, 6 field goal, 5 conversões de 2 pontos, 3 safeties.

Cavalaria 2 de Julho 0 x 30 João Pessoa Espectros

A distância, a mudança de local da partida durante a viagem e nem a forte pressão da defesa baiana impediram o o João Pessoa Espectros de vencer com certa tranquilidade. O primeiro quarto foi bastante pegado e dominado pelas defesas, evitando que ambas equipes pontuassem. A partida continuou nessa pegada no segundo quarto, mas o placar só não foi zerado para o intervalo por causa de um safety forçado pela defesa paraibana, 2 a 0, um placar bem incomum para o Espectros.

A Cavalaria 2 de Julho bem que tentou imprimir  o mesmo ritmo da etapa inicial, até conseguiu evitar que o Espectros pontuasse pelo ar, mas foi castigado por terra com dois touchdowns dos quarterback Alex Niznak, um do Jonatha Carvalho e outro do Vinicius Moraes, sempre seguidos dos extra points do Diego Aranha.

O João Pessoa Espectros volta a enfrentar o Santa Cruz Pirates, dessa vez em Recife, no dia 24/08. A Cavalaria 2 de Julho recebe o Natal Scorpions no mesmo dia.

T-Rex 50 x 0 Jaraguá Breakers

Após uma estreia ofensivamente bem ruim, o T-Rex se recuperou parcialmente. O Jaraguá Breakers está um nível abaixo dos demais times da Conferência, por isso ainda não é possível se animar tanto.

Destaque para o jogo corrido da equipe, responsável por 5 dos 7 touchdowns da equipeOs touchdowns foram marcados pelo Clair José (2x), Guilherme Meurer (2x), João Pujoni, Paulo Alves “Sabonete” e Rafael Fernandes. O quarterback Romário Reis teve uma atuação melhor que na partida anterior e passou para dois touchdowns, além de correr para uma conversão de 2 pontos.

A defesa do T-Rex permitiu apenas um first down para o ataque do Breakers, fato que aconteceu nos dois minutos finais da partida. Um fato anormal da partida foi a atuação do kicker Diego Boddenberg, que errou 3 dos 6 extra points tentados, algo bem raro na carreira de um dos melhores chutadores do país.

O T-Rex volta a jogar no dia 31/08, contra o Coritiba Crocodiles. O Jaraguá Breakers enfrenta no Black Hawks no dia 17/08.

Tritões FA 28 x 23 Macaé Oilers

Em uma partida caracterizada pelos turnovers, foram 5 do Macaé Oilers e 4 do Tritões, pick six e touchdowns corridos, o Tritões se saiu melhor. Sem contar com o quarterback Altivo, o time capixaba apostou em Patrick Amorim e  resultado não foi diferente da estreia, terminando a partida com 3 interceptações, sendo uma retornada para touchdown. A defesa, que interceptou o QB Gabriel Lázaro em três oportunidades, e o running back Richard Monequi, que correu para três touchdowns, salvaram o time de outra derrota.

A história do Macaé na partida é bem parecida, a defesa evitou uma derrota pior, foram 2 turnovers retornados para touchdowns, e Gabriel Lazaro conseguiu um passe para Lucas Storck entrar na endzone.

O próximo desafio do Tritões será no dia 24/08, contra o Corinthians Steamrollers. O Macaé Oilers enfrenta o Challengers no dia 31/08.

Natal Scorpions 3 x 66 Bulls Potiguares

Se enfrentando pela segunda vez na competição, Bulls Potiguares e Natal Scorpions tiveram atuações bem distintas. O Scorpions não conseguiu jogar e era sufocado pela defesa do Bulls a todo momento. Do lado do Bulls, o ataque estava com toda a potência e não deu tempo para o rival respirar.

O quarterback Vitor Fernandes estava muito inspirado, foram 8 passes para touchdowns, sendo três para Igor Rogue e Renato Munford e um para Gabriel Seabra e Matheus Muniz. Com esses passes, Vitor se isolou na disputa entre os quarterbacks com 16. O nono touchdown do time foi anotado pelo running back Jean Neves.

O Bulls segue firme na briga pelos playoffs, já o Scorpions precisa abrir o olho, a BFA Acesso é logo ali.

O próximo desafio do Bulls Potiguares será no dia 24/08, contra o UFERSA Petroleiros. O Natal Scorpions enfrenta a Cavalaria 2 de Julho no mesmo dia.

Istepôs 7 x 27 Coritiba Crocodiles

Os dois times precisavam vencer para se manter na briga pelos playoffs e o jogo foi bem igual até o final do terceiro quarto, quando o Coritiba Crocodiles vencia por 13 a 7, com touchdowns do WR Kauã Pozzi e do RB Francelino Sanha. Pelo Istepôs, o WR Marcos Almeida anotou o touchdown após receber passe do quarterback Bruno Pezão.

No começo do último quarto, o Crocodiles foi para o punt e se aproveitou de um muff do retornador do Istepôs para voltar ao ataque. Com chances renovadas, Sanha entrou na endzone para aumentar a diferença. Com duas posses de vantagem, o Coritiba não abdicou do ataque e voltou a marcar com Adan Rodríguez, após passe do quarterback Ramon Martire “Mamão”, seu segundo na partida.

O próximo desafio do Coritiba Crocodiles será no dia 27/08, contra o Santa Maria Soldiers. O Istepôs enfrenta o HP Football no mesmo dia.

Santa Maria Soldiers 41 x 10 HP Football

No duelo entre dois candidatos a uma vaga nos playoffs, o Santa Maria Soldiers se deu melhor, mas o placar elástico não reflete o que foi o primeiro tempo da partida. O primeiro quarto foi repleto de faltas e as defesas se sobressaíram, fazendo com que o placar ficasse em 3 a 0 para o Soldiers após field goal do kicker Fabricio Santana.

No começo do segundo quarto, o HP virou com uma corrida da sua principal arma ofensiva, o running back Patrick Oliveira, seguido de um extra point e um field goal do kicker Lucas Vozniak. Com um passe de Douglas Rodrigues para Luís Becker e um extra point de Fabricio Santana, o jogo foi empatado para o intervalo.

No terceiro quarto tudo mudou, o que parecia um jogo equilibrado rapidamente se transformou em goleada. Com touchdowns do Marco Okopony (pick six), Nathan Dias, Adner Sanchez e Glodie Biteke, além de 3 extra points e um field goal do Fabricio, o Santa Maria Soldiers venceu os paranaenses por 41 a 10.

O próximo desafio do Santa Maria Soldiers será no dia 27/08, contra o Coritiba Crocodiles. O HP Football enfrenta o Istepôs no mesmo dia.

Ceará Caçadores 51 x 10 UFERSA Petroleiros

Da mesma forma que na primeira partida entre as duas equipes, o Ceará Caçadores não deu chances para o UFERSA Petroleiros desenvolver seu jogo. Com um ataque ainda mais mortal com o retorno do running back Eduardo Maranhão, duas corridas até a endzone, o Caçadores anotou outros 5 touchdowns com Bill Johnson (3x), Marlos Reis e Lucas Pádua. Talon Roggasch passou para três touchdowns.

A defesa do Ceará pressionou o quarterback Lucas Vinicius a partida inteira, mas mesmo assim ele ainda conseguiu um passe para Mikael Silva anotar o touchdown do time, que também acertou um field goal com Felipe Dantas.

O próximo desafio do UFERSA Petroleiros será no dia 24/08, contra o Bulls Potiguares. O Ceará Caçadores enfrenta o Recife Mariners no mesmo dia.