Resumo da Semana 4 da BFA Elite

A Semana 4 da BFA Elite chegou ao fim, muitos resultados inesperados, alguns bolões arruinados e o Mapa do FABR irá fazer um breve resumo das duas partidas da rodada.

Foram marcados 382 pontos, uma média de 47,7 pontos por partida, 30 touchdowns aéreos, 14 corridos, 1 de special teams, 2 fumbles retornados, 23 extra points, 1 field goal, 3 conversões de 2 pontos, 2 safeties.

Macaé Oilers 19 x 32 Vasco Almirantes

Depois de um 2018 difícil, o Vasco Almirantes, fruto da fusão (absorção para alguns) entre Vasco Patriotas e Botafogo Reptiles, está em fase de reconstrução, assim como o futebol americano carioca. Além dos nomes que vieram do Botafogo, destaque para o WR Patrick Dutton, o WR/CB Loan Felisardo, o TE Paulo Abrantes, o K T-White e o RB Rodrigo Agueda “Pacqiao”, o time repatriou o WR Rudá (ex-Galo FA), o LB João Holyfield e o CB Marcos Kim (ex-T-Rex). Na última semana, o time carioca trouxe o LB americano Teron Fitzgerald para reforçar a defesa, mas o jogador ainda não estreou.

O Macaé Oilers é mais daquelas incógnitas do FABR. O time fez ótimas campanhas na Liga Nacional em 2017 e 2018, mas só conseguiu chegar na BFA Elite após a fusão citada acima, que abriu uma vaga na divisão principal, imediatamente preenchida pelo vice-campeão da divisão de acesso do Sudeste. Assim como a esmagadora maioria do FABR, eu não sabia o que esperar do time macaense.

O Vasco entrou como favorito e mostrou isso logo no primeiro drive. O QB Daniel Gazelle conectou um belo passe para o WR Luiz Phillipp “Brown”, que deixou o time da capital a 5 jardas da endzone. Bastou uma corrida do jovem Pacqiao e o Vasco estava na liderança após dois snaps. O Vasco aumentou a vantagem rapidamente com Gazelle conectando belos passes com Loan e Brown, deixando a partida em 19 a 0.

O time de Macaé estava errando bastante, na defesa e no ataque, até que o QB Gabriel Lazaro fez um belo passe para o WR Lucas Storck anotar o primeiro touchdown do time na elite. Mesmo com o esboço de reação do adversário, o Vasco continuou superior e respondeu na sequência, com mais um passe de Gazelle, dessa vez para o WR Victor Silva.

Após um terceiro quarto sem pontuações, o Macaé Oilers diminuiu a diferença com um belíssimo touchdown do Anderson Portinari, que recebeu um passe do Gabriel na linha de 25 jardas e percorreu o campo todo até a endzone. Antes do término da partida, o Vasco voltou a marcar com os RBs Pacqiao e Lucas Carrarini, já o Oilers, marcou com o WR Lucas Storck e um retorno do Anderson Portinari.

Mesmo sofrendo muitos pontos de um time cotado a ser coadjuvante, o Vasco apresentou uma grande evolução, principalmente no ataque, que mostrou ter peças bem qualificadas e bem mais entrosadas, quando comparamos com os jogos do Carioca. O Macaé surpreendeu, o QB e seu corpo de recebedores fizeram um ótimo trabalho, mas a secundária deixa a desejar e pode ser o calcanhar de Aquiles do time.

O próximo desafio do Vasco Almirantes será no dia 17/08, quando enfrentará o São Paulo Storm. O Macaé Oilers enfrentará o Tritões no dia 03/08.

Mais em: Em batalha de big plays, Vasco vence em sua estreia na BFA 2019 (Salão Oval), Vasco da Gama Almirantes vence o Macaé Oilers na estreia da Liga BFA (Vasco), Em duelo carioca, Vasco Almirantes estreia com vitória pela Liga BFA 2019 (The Playoffs), Vasco Almirantes estreia com vitória sobre o Macaé Oilers (Torcedores)

Leões de Judá 53 x 00 Brasília Templários

Após vencer na estreia, o Leões de Judá teve quase um mês para corrigir os erros que citamos no Resumo da Semana 1, mas ainda não me arrisco a afirmar que o time está pronto para desafiar as duas potências do Centro-Oeste, Hornets e Tubarões.

O Brasília Templários não tem um elenco capaz de fazer frente a ninguém na Conferência e não é um adversário que force o elenco adversário a dar seu máximo, por isso a esmagadora vitória por 53 a 0 deve ser encarada com cautela.

O destaque do time continua sendo o QB americano Jamere Murphy, que passou para dois touchdowns e correu para outro. A defesa forçou, recuperou e anotou dois touchdowns após fumbles e o jogo corrido está evoluindo, principalmente após a adição do bom RB João Nivaldo, que veio do Universo Rednecks.

O primeiro grande desafio do Leões de Judá acontecerá no dia 10/08, quando enfrentará o Tubarões do Cerrado. O Brasília Templários volta a jogar no mesmo dia contra o Campo Grande Predadores.

Mais em: Leões de Judá vence Brasília Templários com facilidade (Salão Oval), Leões de Judá vencem Templários com facilidade (DF Sports +)

Tubarões do Cerrado 56 x 00 Campo Grande Predadores

Aumentado cada dia mais sua hegemonia no Centro-Oeste, o Tubarões do Cerrado contou com o QB americano Jordan Moore estreando como titular e não teve dificuldades para vencer o Campo Grande Predadores. O americano foi o grande destaque da partida, foram 5 passes para touchdowns e três corridas até a endzone, mostrando ser mais uma peça letal no já perigoso ataque do Tubarões.

Dificilmente algum time fará frente ao Tubarões do Cerrado na primeira fase da BFA Elite, sem dúvidas o Leões de Judá será o adversário mais capacitado nesse período, mas não acredito em uma vitória, talvez em um jogo mais apertado e com um placar menos elástico. Esse confronto já tem data marcada, dia 10/08.

O Campo Grande Predadores tem uma partida decisiva no dia 10/08, quando enfrentará o Brasília Templários. O time rebaixado para a BFA Acesso sairá desse confronto, que ainda se repetirá mais uma vez, então será fundamental vencer para se manter na elite.

Mais em: Com show de Jordan, Tubarões atropela mais um e lidera grupo (Salão Oval), Time de MS é massacrado por 56 a 0 pela 2ª rodada do Brasil Futebol Americano (Campo Grande News), Tubarões dominam o Campo Grande Predadores e vencem mais um jogo no BFA (DF Sports +)

Coritiba Crocodiles 13 x 14 HP Football

O Coritiba Crocodiles trouxe poucos reforços para a a temporada, com destaque para o experiente QB Ramon Martire “Mamão”, e o HP seguiu a mesma linha, trazendo reforços pontuais de times do Paraná. As duas equipes já se enfrentaram nessa temporada, na final do Paranaense, e o HP venceu por 14 a 10. A partida de ontem não decepcionou os fãs do FABR e mais uma vez vimos um duelo extremamente equilibrado, com um show das defesas e decidido nos detalhes.

O ataque do Crocodiles se mostrou mais eficaz, Mamão conseguiu distribuir bem os passes e o jogo corrido estava bem, principalmente com o RB Francelino “Guiné” Sanhá, mas pecava quando se aproximava da redzone. Mamão passou para dois touchdowns, ambas para o incansável Adan Rodriguez “Ocho Nueve”, que sofreu um fumble próximo a redzone no segundo quarto.

O ataque do HP não conseguiu fazer uma boa partida, sofreu muitos 3 and outs e alguns turnovers, mas conseguiu chegar até a endzone nas poucas oportunidades que teve. A primeira foi no seu primeiro snap na partida, onde o RB Patrick Oliveira se aproveitou dos ótimos bloqueios da linha ofensiva e correu 71 jardas até a endzone, seu 13º touchdown na temporada. No último quarto, o MB Mateus Rosa liderou o time em uma longa campanha e finalizou ela com um passe para o WR Juninho.

As defesas fizeram sua parte e conseguiram parar os ataques no momento certo e jogaram toda a pressão para os kickers, que foram o fator decisivo do confronto. No duelo dos chutes, Kevin Ramos do Crocodiles saiu em desvantagem, acertou um extra point em duas oportunidades e desperdiçou dois field goals, erros que foram fundamentais para o resultado da partida. Pelo HP, Lucas Vozniak, que veio do Street Dogs, acertou os dois extra points que tentou e errou um field goal.

O HP Football enfrenta o Santa Maria Soldiers e o Coritiba Crocodiles o Istepôs, ambos no dia 04/08.

Mais em: HP vira no final e vence o Crocodiles na estreia da BFA Elite (FA Paranaense) e HP vira com kicker estreante e derrota Croco mais uma vez em 2019 (Salão Oval), Com campanha decisiva no final, HP vence clássico contra Crocodiles na BFA Elite (The Playoffs), Paraná HP vence Coritiba Crocodiles na estreia das equipes no BFA (Caderno Informativo)

Black Hawks 10 x 06 T-Rex 

O T-Rex sempre inicia a temporada com um elenco bem diferente da anterior e não foi diferente esse ano. As principais baixas foram na defesa, com destaque para os LBs Bruno China (João Pessoa Espectros) e Cris Mamede (São Paulo Storm), os DBs Arthur de Lucca (Portuguesa) e Marcos Kim (Vasco Almirantes). No ataque, saíram os WRs Marlos Reis (Ceará Caçadores) e Matheus Barozzi (Rondonópolis Hawks), entre outros.

Muitos jogadores saem e muitos chegam, com destaque os LBs Luis Polastri (Galo FA) e Lucas Deretti (Jaraguá Breakers), o DL Sidnei Sidart (São Paulo Storm), o RB Bruno Francisconi (Jaraguá Breakers) e os WRs Gabriel Fontanela (Armada Lions), Ivan Tonolli (Jaraguá Breakers) e Rafael Fernandes (Betim Bulldogs).

O Black Hawks estreou na elite e se preparou muito bem para isso. O time conseguiu manter a base de 2018 e se reforçou com mais de uma dezena de jogadores, com destaque para o LB mexicano Miguel Canseco, o OL mexicano Edgar Arguello e o retorno do DB Marlon Billy.

Os dois times se enfrentaram no Catarinense e o T-Rex saiu vencedor, mas assim como na partida do estadual, o jogo foi caracterizado pela supremacia defensiva ambos os times. O Rex até conseguiu avançar bem no primeiro drive, mas foi parado próximo a redzone pelo mexicano Canseco, que leu muito bem a jogada e interceptou o QB Romário Reis. Na sequência, o QB Leandro Carraro correu mais de 70 jardas até a endzone, além de passar para o WR Victor Hugo aumentar a vantagem com uma conversão de 2 pontos.

A defesa do T-Rex jogou como sempre, não dando chances para o adversário, mas a defesa do Black Hawks deixou todos boquiabertos. Mesmo sem seus melhores RBs, Karl e Well, ambos machucados, não é simples parar esse ataque liderado pelo Romário e Bassani. A unidade liderada pelo Caião, Dariel e Canseco cedeu pouco terreno e levou apenas um touchdown no segundo quarto, após conexão de Bassani com Meurer, 8 a 6 após a conversão de 2 pontos fracassada.

O ataque do do Black Hawks também não assustou e sem dúvidas será o calcanhar de Aquiles da equipe. O ataque do Rex é um dos melhores do país, mas sofreu com os drops em momentos cruciais, com destaque para o drop do WR Ian a 7 segundos do fim na endzone.

O T-Rex ainda é um dos favoritos para chegar aos playoffs, principalmente quando estiver com todas as peças em campo, mas todos sabemos o impacto que uma derrota tem na poderosa Conferência Sul. Após a vitória histórica do Black Hawks, que venceu pela primeira vez o rival, todos os times precisam ficar de olho nesse time, que não chegou na elite para ser coadjuvante.

O próximo jogo de ambos é contra o Jaraguá Breakers, o T-Rex joga o clássico no dia 03/08 e o Black Hawks no dia 17/08.

Mais em: Black Hawks faz história e vence Rex em estreia na elite (Salão Oval), Em sua estreia na liga nacional, Black Hawks faz história e derrota T-Rex (Torcedores), Gaspar Black Hawks estreia na BFA com vitória inédita sobre o Timbó Rex (The Playoffs), Gaspar Black Hawks estreia com vitória na Liga BFA Elite (Prefeitura de Gaspar)

Istepôs 06 x 14 Santa Maria Soldiers

O Santa Maria Soldiers foi um dos times que melhor se reforçou para essa temporada, destaque para a chegada do RB Glodie Biteke (Vingadores) e do WR Adner Sanchez (Remo Lions), que já marcaram 13 touchdowns na temporada. O time é um dos que mais cresceram nos últimos anos e os considero um dos favoritos na Conferência Sul.

O Istepôs se reforçou com alguns jogadores que voltaram, destaque para o TE Vinicius Zanon (Soldiers), Marcos Bunn (Galo FA), o OL João Cascione e o QB Bruno Pezão, mas também perdeu duas peças importantes, o RB Wesley Rocha e o WR William “Tru”, responsáveis por 1/4 dos touchdowns da equipe na temporada, foram para o Rondonópolis Hawks.

Assim como em todos os jogos da primeira rodada da Conferência Sul, as defesas dominaram a partida. A tarefa do Istepôs não era das mais fáceis, parar um dos melhores ataques do país parecia ser uma missão quase impossível, mas a unidade liderada por Bunn se muito bem, com a exceção de dois drives em que o QB Douglas Rodrigues levou os gaúchos até a endzone com passes para o WR Luís Becker.

Após o intervalo, o Istepôs voltou melhor no ataque, conseguindo um touchdown após a boa corrida do RB Gustavo Laurentino. O esboço de reação foi parado pela defesa gaúcha, quem garantiu a vitória por 14 a 6.

O próximo desafio do Santa Maria Soldiers será no dia 03/08, quando enfrentará o HP Football. O Istepôs enfrentará o Coritiba Crocodiles no dia 04/08.

Mais em: Em jogo disputado, Soldiers derrubam Istepôs na estreia da BFA 2019 (The Playoffs), Luís Becker marca duas vezes e Soldiers vence Istepôs (Salão Oval) e Em Santa Catarina, Soldiers vence Istepôs na estreia do Brasil Futebol Americano (Diário de Santa Maria), Soldiers estreia com vitória fora de casa na BFA Elite (Esporte Sul)

Bulls Potiguares 21 x 30 Recife Mariners

O Recife Mariners manteve a base de 2018 e contou com o retorno do RB Lucas Adolfo, que estava no João Pessoa Espectros, e trouxe o LB Erick Blade (Olinda Sharks) e o DB Fernando Mendes (Rio Preto Weilers). A estreia do time pernambucano foi contra o Bulls Potiguares, que venceu sua primeira partida contra o Natal Scorpions.

O Mariners saiu na frente após o QB americano Jake Schimenz conectar um passe com o WR Pedro Brito, seguido de uma conversão de 2 pontos do RB Lucas Adolfo. A partir daí, o Bulls dominou restante do primeiro tempo e conseguiu um field goal com o K Raphael Ramos e dois touchdowns do Igor Rogue e Renato Munford, ambos após passes do QB Vitor Fernandes.

Após o intervalo, a partida foi dominada pelo ataque do Mariners, que chegou ao touchdown em três oportunidades, uma com o RB Lucas Adolfo e outras duas com os WRs Pedro Brito e Jhonata “Japa”, ambos após passes do QB Jake Schimenz. O Bulls chegou a diminuir a vantagem com um passe do Vitor para o americano Drew Banks, que chegou essa semana no time e deve assumir a posição de quarterback.

O próximo desafio do Bulls Potiguares será no dia 03/08, quando enfrentará, novamente, o Natal Scorpions. O Recife Mariners enfrentará o Santa Cruz Pirates no dia 11/08.

Mais em: Mariners bate Bulls Potiguares na Arena das Dunas (Salão Oval), Recife Mariners bate Bulls Potiguares fora de casa e assume a liderança do Grupo Sul do BFA (Futebol Americano Brasil), Bulls Potiguares perde para o Recife Mariners na Arena das Dunas (JOL RN), Em jogo com viradas no placar, Bulls perde para Mariners no retorno à Arena das Dunas (Tribuna do Norte)

Santa Cruz Pirates 14 x 19 Cavalaria 2 de Julho

A Cavalaria 2 de Julho estreou oficialmente na competição, já que o jogo contra o Recife Mariners foi paralisado e adiado. Do outro lado, o time da casa precisava da vitória para se afastar do rebaixamento, mesmo que momentaneamente.

Os ataques começaram nervosos e o primeiro turnover aconteceu no segundo drive da partida, quando o Pirates recuperou a bola na linha de 45 do ataque. A defesa baiana conseguiu parar os pernambucanos na redzone e forçou o field goal, que foi desperdiçado. Na sequência, o QB Igor Ribeiro fez um belo passe para o WR Felipe Ronaldo, que recebeu, correu cerca de 60 jardas e entrou na endzone. A conexão se repetiu pouco depois e a Cavalaria abriu 13 a 0 no primeiro quarto.

Após o intervalo, a Cavalaria aumentou a vantagem para 19 a 0 após mais um passe do QB Igor, dessa vez para Felipe Nunes “Índio”. No último quarto, a Cavalaria relaxou e deixou o Pirates se aproximar, foram dois passes para touchdowns do americano Justin Morales para Paulo Cardoso e João Loureiro, ambos com os extra points confirmados pelo K Felipe Coelho. Com tempo no relógio, o Pirates foi para o onside kick, mas não teve sucesso.

Se a partida contra o Recife Mariners não for marcada para as próximas semanas, o próximo jogo da Cavalaria 2 de Julho será no dia 03/08 contra o João Pessoa Espectros. O Santa Cruz Pirates enfrenta o Recife Mariners no mesmo dia.

Mais em: Cavalaria vence Santa Cruz Pirates na Arena Pernambuco (Salão Oval)

João Pessoa Espectros x Ceará Caçadores – Adiado

A partida foi adiada após o ônibus do Ceará Caçadores apresentar falhas mecânicas durante o percurso até João Pessoa. Uma nova data será anunciada em breve.

Veja as notas publicadas pelos times em suas redes sociais:

 

Ver essa foto no Instagram

 

COMUNICADO DE ADIAMENTO DO JOGO ENTRE ESPECTROS E CAÇADORES O jogo entre Ceará Caçadores e João Pessoa Espectros, que aconteceria hoje, dia 21/07 às 14:00, em João Pessoa-PB, será adiado. O ônibus que transportava a equipe dos Caçadores apresentou falhas mecânicas durante a viagem, que impossibilitaram o prosseguimento da viagem. Apesar das tentativas feitas com a empresa contratada e diversas outras, não foi possível conseguir ônibus para que a equipe continuasse o trajeto. Devido a dois eventos na região, todos os veículos das empresas contactadas estavam indisponíveis. Nossa delegação retornará para Fortaleza na manhã de hoje. Importante ressaltar que, apesar da frustração e noite em claro na estrada, todos passam bem. Agradecemos a compreensão do João Pessoa Espectros e da Liga BFA, que prontamente se colocaram à disposição para que o jogo fosse remarcado. Assim que a nova data for confirmada, comunicaremos. Aos nossos torcedores, fica o agradecimento pelo apoio e compreensão de sempre. Continuaremos fazendo de tudo para honrá-los em campo.

Uma publicação compartilhada por Ceará Caçadores (@cearacacadores) em

 

Ver essa foto no Instagram

 

*COMUNICADO IMPORTANTE* O jogo contra o Ceará Caçadores, que aconteceria hoje, dia 21 de Julho, às 14h, será ADIADO. O ônibus da equipe cearense apresentou falhas mecânicas próximo à cidade de Mossoró. Os dirigentes da equipe tentaram reparo e substituição do ônibus, mas não obtiveram sucesso. . O jogo será remarcado em breve e, os torcedores que adquiriram o ingresso, terão acesso ao próximo jogo com o mesmo bilhete. O torcedor que desejar o reembolso, poderá solicitá-lo na Redzone Academia (Quadramares) com o ingresso em mãos. . Desejamos que a equipe do Caçadores brevemente resolva o problema e que todos os atletas cearenses retornem para casa em segurança.

Uma publicação compartilhada por João Pessoa Espectros (@jpespectros) em