Resumo da Semana 1 da BFA Elite

A Semana 1 da BFA Elite chegou ao fim e o Mapa do FABR irá fazer um breve resumo das cinco partidas da rodada de abertura da principal competição nacional de futebol americano.

Foram marcados 197 pontos, média de 39,4 pontos por partida; 19 touchdowns aéreos, 4 corridos, 2 pick six e um retorno de punt; 16 extra points e 6 field goals foram acertados.

 

Portuguesa FA 31 x 13 Flamengo Imperadores

Mesmo sem ter disputado nenhuma partida em 2019, a Portuguesa FA tinha certo favoritismo. O tricampeão da SPFL abdicou da competição estadual e se dedicou integralmente para a BFA. Com a base de 2018 mantida, o time adicionou em seu elenco jogadores como o RB Branco Menezes (Seleção Brasileira e ex-Palmeiras Locomotives), o OL Richard Mondin (ex- T-Rex) e o DB Arthur De Lucca (ex- T-Rex).

Do lado carioca, o Flamengo mudou pouco desde a final do estadual, trouxe alguns jogadores do Independente Tomahawk, com destaque para o RB David de Carvalho “Prince”, mas não resolveu seu maior problema, a posição de QB titular.

A Portuguesa não decepcionou aqueles que criaram grande expectativa para a estreia do time. O QB Catullo Góes liderou o ataque paulista e passou para os WRs Paulo Cesar, Vinicius Seya e Luis Domingues anotarem três TDs aéreos. O quarto TD da partida foi do Branco Menezes. O kicker João Paulo dos Santos acertou 4 XPs e um field goal.

O Flamengo conseguiu poucos avanços relevantes ao longo da partida, o QB Lucas Santos era constantemente pressionado e quando conseguia um bom passe, a defesa da Portuguesa não permitia grandes avanços. Lucas conseguiu passar para o TE Matheus Mendonça “Kaká” anotar um TD, mas ainda não conseguiu passar confiança. O kicker Kevin Antunes acertou 2 field goals e um XP.

Os dois times voltam aos gramados no dia 27/07, a Portuguesa enfrentará o Corinthians Steamrollers e o Flamengo Imperadores o América Locomotiva.

Mais em: Jogando em casa, Portuguesa abre a BFA 2019 com vitória (Salão Oval)

Compacto da partida:

Campo Grande Predadores 7 x 18 Leões de Judá

Muito se espera do Leões de Judá e apesar de ter jogado de igual para igual contra o Tubarões do Cerrado, atual campeão da Conferência Centro-Oeste, o time ainda precisa provar que está apto para figurar entre os mais cotados para o título desse ano.

Contra o Campo Grande Predadores, time que admito conhecer pouco e não tomei conhecimento de movimentações no elenco, o Leões continuou mostrando os mesmos defeitos da final do Campeonato Candango, pouco tempo para o QB Jamere Murphy trabalhar e uma grande dependência do jogo corrido e das improvisações do americano.

O grande nome da partida foi o QB americano, que correu para dois TDs e fez um passe para o WR Highlander Campos anotar outro. O Predadores é um time bem cru e mesmo, aparentemente, sem grandes nomes no elenco, conseguiu segurar um dos times de maior ascensão na Conferência.

Leões de Judá e Campo Grande Predadores voltam a jogar no dia 20/07, o primeiro contra o Brasília Templários e o outro contra o Tubarões do Cerrado.

Compacto da partida: Leões derrotam Predadores em pleno Pantanal (Salão Oval)

 

Sorriso Hornets 16 x 3 Cuiabá Arsenal

Atual vice-campeão da Conferência Centro-Oeste, o Sorriso Hornets se reforçou com mais de 20 jogadores, com destaque para o WR Diego Oliveira (ex-Ceará Caçadores), os OLs Vinicius Bijagran e Gabriel Montagner (ex-Santa Maria Soldiers) e o LB americano Terrence Bailey. O time quer mostrar que sua ascensão não será passageira e que pode destronar os times mais tradicionais da região.

O Cuiabá Arsenal é um time em reconstrução e está longe de ser aquela máquina que figurou entre os quatro melhores times do país em 8 das 10 edições de torneios nacionais que disputou. Com poucas movimentações no elenco, o Arsenal ainda é um time a ser respeitado e o Hornets percebeu isso.

Com muitos erros ofensivos e defesas bem atentas, o jogo se desenvolveu nos campos de defesa e os punters trabalharam muito. O Hornets soube aproveitar melhor as poucas oportunidades que teve na red zone e anotou dois TDs com o Diego Oliveira, com passes do QB Edilson Kovaleski, e um XP e FG com o kicker Marcos Lodi. O Cuiabá descontou com um field goal do kicker Thiago.

O Sorriso Hornets volta a jogar no dia 27/07 contra o Rondonópolis Hawks e o Cuiabá Arsenal no dia seguinte contra o Sinop Coyotes.

Mais em: Hornets mantém o tabu contra o Arsenal (Salão Oval)

Compacto da partida:

João Pessoa Espectros 58 x 13 Santa Cruz Pirates

O João Pessoa Espectros iniciou a temporada sem o QB Rodrigo Dantas em campo pela primeira vez desde 2013, ano em que se ele tornou titular da equipe. Em seu lugar, também pela primeira vez, trouxeram um americano para posição, Alex Niznak, que teve uma curta passagem pelo Recife Mariners e estava no Japão. Além do americano, o time conta com o retorno do RB Everton Antero “Pingo”, que estava no T-Rex, e com o reforço do jovem e promissor LB Bruno “China”, revelado pelo Betim Bulldogs e com passagens pelo Galo FA, T-Rex e América Locomotiva.

O Santa Cruz Pirates retornou a elite após vencer a Liga Nordeste em 2018, manteve a base campeã de 2018 e se reforçou com o QB americano Justin Morales, mas isso não foi o suficiente para parar o Espectros. Alex mostrou que pode substituir Dantas a altura e passou para cinco TDs, dois para Heron Azevedo e um para Jonatha Carvalho, Denner Dantas e Bruno Lucena, e correu para um TD.

A defesa paraibana deu poucas chances para o ataque do Pirates mostrar seu potencial e o time pernambucano anotou dois TDs, ambos com a participação da dupla Justin Morales/João Guilherme Loureiro, mas cedeu outros dois após interceptações do americano Callus Cox.

O João Pessoa Espectros volta aos gramados dia 20/07, no clássico contra o Ceará Caçadores, e o Santa Cruz Pirates joga no dia seguinte contra a Cavalaria 2 de Julho.

Mais em: Com QB americano, Espectros vence Pirates com tranquilidade (Salão Oval)

Compacto da partida:

Bulls Potiguares 32 x 6 Natal Scorpions

O Bulls Potiguares começou sua terceira temporada na BFA sem os americanos Omar Kharroub e Ray Bradley. O primeiro é o segundo QB com mais passes para TDs na história da BFA e o segundo o RB com mais corridas para TD. Sem os gringos, o time potiguar apostou na base e nos diversos reforços vindos de times do Nordeste, principalmente defensores, seu calcanhar Aquiles em 2018.. O Natal Scorpions vem de uma temporada muito ruim, perdeu muitos defensores para o Bulls e se reforçou pouco, a fórmula ideal para uma temporada ruim.

O Bulls não encontrou dificuldades para vencer seu rival e o QB Vitor Fernandes não decepcionou, foram cinco passes para TDs, todos para alvos diferentes: Matheus Muniz, Jefferson Arruda, Igor Rogue (jogador com mais recepções para TDs na Era BFA), Gabriel Seabra e Bruno Sousa. A defesa se comportou bem, mas ainda é cedo para afirmar que ela dará conta de ataques mais poderosos como os do Espectros, Mariners e Caçadores, o mesmo vale para o ataque.

O Bulls Potiguares volta a jogar no dia 20/07, contra o Recife Mariners, e o Natal Scorpions joga no mesmo dia contra o UFERSA Petroleiros.

Mais em: Bulls mantém invencibilidade no clássico de Natal (Salão Oval)

Compacto da partida:

Cavalaria 2 de Julho 0 x 6 Recife Mariners (adiada)

A partida interrompida após falta de energia. O jogo será remarcado.

Mais em: Sem luz em Salvador, jogo entre Cavalaria e Mariners é adiado (Salão Oval)